Abate de bovinos fica em 7,29 milhões de cabeças no 1º trimestre, aponta IBGE

21/06/2016

No primeiro trimestre de 2016 foram abatidas 7,29 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária, queda de 5,8% em relação à quantidade abatida no primeiro trimestre de 2015, informou na manhã desta quinta-feira, 16, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação ao quarto trimestre de 2015, a quantidade de cabeças abatidas foi 5,2% menor.

Segundo a Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, do Leite, do Couro e da Produção de Ovos de Galinha, o abate de 446,88 mil cabeças de bovinos a menos no primeiro trimestre de 2016, em relação a igual período do ano anterior, foi impulsionado por reduções em 21 dos 27 Estados. As maiores quedas foram em Goiás (-116,08 mil cabeças), Minas Gerais (-114,89 mil cabeças) e Mato Grosso do Sul (-63,96 mil cabeças).

Mato Grosso continua liderando amplamente o abate de bovinos, seguido por Mato Grosso do Sul e São Paulo, na lista dos maiores produtores do País.

Fonte: Fonte: Estadão, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint/ Foto: RuralSoft