Brasil exporta US$ 410 milhões de carne bovina em fevereiro

15/03/2017

de US$ 846,3 milhões; com exportações e participação da ABIEC e 17 frigoríficos brasileiros na Gulfood, um dos destaques é o mercado árabe.

A indústria brasileira exportou 103,9 mil toneladas de carne bovina no mês de fevereiro, com um faturamento de US$ 410 milhões no período, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC).  Com relação a janeiro, houve uma retração de 7,6% em volume e 5,8% em receita, levando-se em consideração um menor número de dias úteis em fevereiro. No acumulado do ano (janeiro e fevereiro), foram embarcadas 216,4 mil toneladas de carne bovina brasileira, gerando um faturamento de US$ 846,3 milhões. Pelo segundo mês consecutivo em 2017, Hong Kong e China foram os mercados que mais compraram carne bovina brasileira. Além dos asiáticos, a ABIEC destaca o mercado russo, que apresentou um crescimento tanto em volume (7,6%) como em faturamento (10,7%), em fevereiro com relação a janeiro, bem como uma evolução da exportação de carne in natura para os EUA. O primeiro embarque para o mercado norte-americano foi em setembro de 2016 com 127 toneladas; em fevereiro de 2017, esse volume embarcado já passou para 933 toneladas.

 

Posição

País/região

Faturamento US$ (fevereiro/2017)

Volume em toneladas (fevereiro/2017)

1

Hong Kong

86.396.446

23.927

2

China

62.629.669

15.100

3

União Europeia

41.910.854

6.538

4

Irã

39.492.961

10.174

5

Rússia

36.518.036

11.791

6

Estados Unidos

20.248.809

2.831

7

Arábia Saudita

18.758.267

4.527

8

Chile

18.209.414

4.046

9

Egito

13.478.669

4.192

10

Israel

9.677.935

1.981

 

 

Mercado árabe e feira em Dubai – O mercado árabe é um dos destaques deste primeiro bimestre, com incrementos expressivos nas exportações para Irã (aproximadamente 93% de aumento em volume e 94% faturamento), Argélia (111% em volume) e Emirados Árabes Unidos (em torno de 18% em toneladas, e 19% em faturamento) – os números são comparados com o mesmo período de 2016 (janeiro e fevereiro). Destaque também para a retomada da Arábia Saudita, que depois de um ano de embarques, já figura entre os dez maiores mercados.

 

Posição

País/Região

Faturamento US$

(jan-fev/2017)

Volume em toneladas

(jan-fev/2017)

1

Hong Kong

184.248.245

51.685

2

China

137.455.483

33.336

3

União Europeia

89.582.593

14.121

4

Irã

83.168.604

21.607

5

Rússia

69.494.968

22.750

6

Chile

37.008.901

8.172

7

Egito

34.151.862

10.601

8

Arábia saudita

33.047.231

8.402

9

Estados Unidos

32.713.820

4.882

10

Israel

18.802.748

3.910

 


Visando ampliar sua presença e estreitar ainda mais o relacionamento com o mercado árabe, a ABIEC e 17 frigoríficos brasileiros participaram da Gulfood, uma das maiores e mais importantes feiras de alimentos e bebidas do mundo, em Dubai, no final de fevereiro. Os resultados foram animadores para a indústria com estimativa de US$ 32 milhões em negócios fechados durante o evento e perspectiva de US$ 403 milhões para os próximos 12 meses. “Foi uma excelente participação do Brasil junto a este mercado que consideramos fundamental para ampliar nossas exportações”, afirma Antônio Jorge Camardelli, presidente da ABIEC.

Categorias – A carne in natura foi a categoria de produtos mais exportada. Em fevereiro, atingiu faturamento de US$ 325 milhões, com embarque de mais de 79 mil toneladas.

Posição

Categoria

Faturamento US$

(fevereiro/2017)

Volume – ton. (fevereiro2017)

1

In natura

325.114.058

79.036

2

Miúdos

41.292.172

15.144

3

Industrializada

38.254.975

7.898

4

Tripas

4.478.075

1.604

5

Salgadas

1.273.307

257

Fonte: ABIEC