UE manifesta ao Brasil preocupação com impedimentos a importações de carne

27/01/2017

A União Europeia (UE) expressou nesta quarta-feira ao Brasil sua preocupação com os atrasos na concessão das licenças necessárias às importações de carne bovina do bloco.

O comissário europeu de Agricultura, Phil Hogan, recebeu o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e ambos tiveram “uma discussão franca e aberta sobre a UE e a agricultura brasileira”, disse  um porta-voz da Comissão Europeia.

Os dois abordaram diferentes assuntos relacionados à carne bovina, como as tendências no consumo na UE, as expectativas do Brasil sobre o acesso ao mercado europeu e o novo sistema de rastreabilidade aplicado no Brasil.

Antes de poder exportar produtos de origem animal ao Brasil, como carne, lácteos ou pesqueiros, os estabelecimentos devem solicitar o registro de cada rótulo na divisão apropriada do Ministério da Agricultura.

Na opinião da UE, a pasta ainda mantém atrasos na aprovação – que tem que ser remitida em papel e frequentemente reenviada se tiver pequenos erros – e, consequentemente, no fluxo comercial de produtos de origem animal.

Fonte: EFE, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.